UBS Santa Madalena orienta sobre prevenção de doenças bucais e combate à dengue

Escovação assistida para a equipe corrigir possíveis erros técnicos 

Durante o mês de maio, uma vez por semana a equipe de odontologia da UBS Santa Madalena, em São Paulo, compareceu à Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Arlindo Caetano Filho para alertar os alunos sobre a importância de manter uma boa higiene oral e, assim, evitar problemas futuros, como placa bacteriana, gengivite e tártaro, entre outras doenças bucais.

Nas visitas, além de receberem informações sobre técnicas de escovação e uso do fio dental, os estudantes participaram de escovação assistida pela equipe e passaram por aplicação de flúor. Orientações sobre a relação de uma alimentação saudável com a saúde bucal e a divulgação de alimentos que podem gerar cáries também fizeram parte da ação realizada.


Os alunos da EMEF receberam desenhos temáticos de saúde bucal para colorir 

Segundo Márcia Gouvêa, técnica de saúde bucal, o objetivo dos encontros é reduzir o surgimento de cáries (e outras doenças) por meio de mudanças de hábitos, de acordo com a realidade de cada criança e adolescente. “A interação com as crianças através de conversas e respostas sobre as dúvidas de cada uma delas torna a experiência mais gratificante, mostrando a importância desses trabalhos dentro da escola”, reconhece a profissional. 

A entrega de kits com escova complementaram a ação como um incentivo para os alunos colocarem em prática o que aprenderam. 

Contra a dengue


Mosquito da dengue contou para os pequenos o quanto ele precisa de água parada para se multiplicar 

As visitas dos profissionais da UBS Santa Madalena à instituição de ensino também contaram com orientações sobre prevenção da dengue, cujos casos tiveram, no primeiro quadrimestre de 2022, um aumento de mais de 130%, em comparação com o ano de 2021 no mesmo período, segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde. 

O combate ao Aedes aegypti, transmissor da doença, foi abordado de forma lúdica, com direito a encenação teatral e apresentação de objetos que podem acumular água parada, ambiente propício para a proliferação do mosquito.

Além disso, foi ressaltada a importância de descartar os resíduos nos lugares corretos, tanto para evitar o surgimento de focos da dengue, quanto para evitar a transmissão de outras doenças causadas por animais sinantrópicos (aqueles que se adaptaram à convivência com o ser humano mesmo contra a sua vontade: ratos, baratas, escorpiões e morcegos, por exemplo.

“A ação tem a finalidade de trazer acesso à educação em saúde para os alunos com a escola como parceira, trazendo resultados importantes na conscientização e prevenção de doenças dentro da escola”, ressalta Guilherme Araujo, Agente de Promoção Ambiental (APA).

A UBS Santa Madalena é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, Organização Social de Saúde.